HOME O PROJETO TECNOLOGIA FUTURO NOTÍCIAS SALA DE IMPRENSA EVENTOS CONTATO
  English 

 

Aguinaldo Moreira

Aguinaldo Moreira, nascido em Santos em 12 de outubro de 1943, foi um grande goleiro do Santos nos tempos de Pelé. Chegou como quarta opção para a posição em um tempo em que o titular era Gylmar dos Santos Neves, bicampeão mundial pela Seleção Brasileira nas Copas do Mundo de 1958 e 1962.

No entanto, anos depois conquistou a titularidade tendo inclusive participado da histórica partida contra o Vasco em 1969 quando o rei do futebol marcou seu milésimo gol no Maracanã. Passou também por Vitória da Bahia, Nacional de São Paulo, Olaria, Portuguesa de Desportos e futebol do Canadá.

Ao abandonar os gramados, assumiu a função de preparador de goleiros. Em 2007, estava trabalhando nas categorias de base do Santos.

Em 2011, trabalhava como treinador do time sub-20 do Jabaquara, que fazia boa campanha na segunda divisão do Campeonato Paulista daquela temporada.

Por suas mãos passaram alguns dos maiores goleiros da história do futebol brasileiro. Em 1985 no Palmeiras, treinou Leão e Zetti; no Corinthians entre 1987 e 1997, Carlos, Waldir Perez e Ronaldo, que sempre faz questão de elogiá-lo publicamente; em 1998 no São Paulo, Rogério Ceni e Roger; no Santos, Fábio Costa e Carlos Germano.

Aguinaldo também viu nascer para o futebol, no início da década de 1990, o goleiro Marcos, que anos depois conquistaria a Copa do Mundo de 2002 pela Seleção Brasileira e tornou-se um dos maiores ídolos da torcida do Palmeiras. Na ocasião, Marcão treinava nas categorias de base do Timão e tinha grandes chances de ser promovido ao elenco profissional, mas foi dispensado quando a comissão técnica comandada por Cilinho perdeu o emprego.

Comentários

<< Voltar
HOME O PROJETO TECNOLOGIA FUTURO NOTÍCIAS SALA DE IMPRENSA EVENTOS CONTATO

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS