HOME O PROJETO TECNOLOGIA FUTURO NOTÍCIAS SALA DE IMPRENSA EVENTOS CONTATO
  English 

 

Geraldino Saravá

Geraldino Saravá

Se perguntassem quem seria José Geraldo Olímpio de Souza, poucas pessoas saberiam dizer quem é, mas quando se trata de Geraldino Saravá, o currículo é extenso. Saravá ficou conhecido na história do futebol cearense por ser o maior artilheiro do Castelão. Natural de Ipaumirim, interior do Ceará, o craque marcou 98 gols no maior estádio do Norte e Nordeste, recorde que dura até os dias de hoje.

Na carreira profissional, Geraldino vestiu as camisas de oito clubes: Fortaleza, Ceará, Ferroviário, Tiradentes, Guarany de Sobral, Icasa - todos do Ceará -, além de Sampaio Corrêa (Maranhão) e Campinense (Paraíba). O centroavante estreou no gramado do Castelão no ano de inauguração do estádio, em 1973, onde conquistou o título do Campeonato Cearense, defendendo o Fortaleza.

Segundo o próprio jogador, o apelido Saravá surgiu da boca do narrador esportivo cearense Júlio Sales, depois de saber que o jogador costumava sentir que iria marcar gol nos jogos e nunca falhava. O faro de Saravá por gols vinha também da velocidade e da raça que o jogador mostrava quando entrava em campo. Mas se tinha uma jogada que Saravá não fazia era cobrar pênaltis. Nunca marcou um. O craque dizia que não fazia questão de bater, que só gostava de fazer gol com a bola em movimento.

Após encerrar a carreira no Icasa, Saravá decidiu morar em Juazeiro do Norte e hoje dá aulas de educação física para crianças de uma escola municipal. O craque também deixaria sua marca no estádio da cidade, o Romeirão. Com 72 gols marcados, ele também é considerado o jogador com mais gols no estádio.

Comentários

<< Voltar
HOME O PROJETO TECNOLOGIA FUTURO NOTÍCIAS SALA DE IMPRENSA EVENTOS CONTATO

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS