HOME O PROJETO TECNOLOGIA FUTURO NOTÍCIAS SALA DE IMPRENSA EVENTOS CONTATO
  English 

 

Paulinho Rocha

Paulino Rocha

Se o futebol cearense possui um estádio que não deve nada aos principais palcos da bola no Brasil e no mundo poucas pessoas têm tanta influência nessa realidade quanto Paulino Rocha. Um dos principais nomes da crônica esportiva cearense, Paulino foi figura atuante para a concepção do projeto e construção do Castelão, entre os primeiros esboços, em 1968, e a inauguração em 11 de novembro de 1973.

Ao lado dos deputados estaduais Gomes Farias e Aldenor Nunes Freire, foi um dos responsáveis por levar a ideia do novo estádio para o governador Plácido Aderaldo Castelo. Paulino era comentarista esportivo da Rádio Verdes Mares na época da construção do Castelão. Entrou de vez para a história com um famoso comentário quando da entrega das chaves da cabine número 13 para a equipe da “Verdinha”, no dia anterior à inauguração.

"Torcida amiga, carinhosamente, boa tarde! Sobre o nordestino, sobre a sua força, sobre a sua capacidade, muita gente já falou e já escreveu. Uma das frases mais bonitas que eu já li é aquela que diz que ele é acima de tudo um forte. É aquela que diz que ele consegue ultrapassar todos os obstáculos que lhes são postos à frente, numa determinação realmente digna dos maiores elogios… Eu olho para essas arquibancadas e sinto a tremenda felicidade daquele que disse que o nordestino é acima de tudo um forte. Essas arquibancadas do Castelão, esse gigante de concreto e cimento armado, é bem uma demonstração patente do que o homem é capaz quando se determina a atingir um objetivo colimado".

Paulino chegou a ser deputado estadual eleito para duas legislações. Faleceu em 6 de abril de 1979, com apenas 46 anos, de câncer pulmonar.

Comentários

<< Voltar
HOME O PROJETO TECNOLOGIA FUTURO NOTÍCIAS SALA DE IMPRENSA EVENTOS CONTATO

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS