HOME O PROJETO TECNOLOGIA FUTURO NOTÍCIAS SALA DE IMPRENSA EVENTOS CONTATO
  English 

 

Pelé

Pelé

A síntese de todos os craques

Muitos tentaram definir Pelé, mas poucos foram tão felizes como o jornalista Thomaz Mazzoni, de A Gazeta Esportiva. Para ele, Pelé representou a síntese de todos os maiores craques do futebol brasileiro: tinha a inteligência e a habilidade de Friedenreich; a força, a coragem e a elasticidade de Leônidas da Silva, e a classe e a visão de jogo de Zizinho. Realmente, Pelé era tudo isso, e tudo mais.

No começo, chutava só com o pé direito, mas, para desespero dos goleiros, treinou tanto o esquerdo que virou ambidestro.

E com dois pés certeiros, além de uma cabeçada poderosa, cujos segredos aprendeu com seu pai, Dondinho, Pelé se tornou o maior goleador da história do futebol, com um total de 1.283 gols em 1375 jogos, que lhe deram mais de 50 títulos, dentre eles três Copas do Mundo, dois Mundiais Interclubes, duas Copas Libertadores, uma Recopa Mundial, uma Recopa Sul-americana, cinco Brasileiros, 10 Paulistas e 4 Rio-São Paulo.

Diante de tantos feitos, talvez a melhor definição seja mesmo a do ex-companheiro Pepe, que se autoproclama o maior artilheiro humano do Santos, pois “Pelé veio de Marte”.

Edson Arantes do Nascimento

Três Corações (MG), 23 de outubro de 1940.

Meia-esquerda.

Santos (1956-74); Cosmos (1974-77).

Seleção Brasileira (1957-71)

 

1375 jogos, 1283 gols

Comentários

<< Voltar
HOME O PROJETO TECNOLOGIA FUTURO NOTÍCIAS SALA DE IMPRENSA EVENTOS CONTATO

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS